sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Cansei! Preciso chorar.

Cansei de dizer que não! Eu preciso sim chorar. Eu tenho uma necessidade imensa de sentir lágrimas insistentes escorrendo pela minha face. Não me importa a felicidade que o amor me causa. Eu preciso sentir toda a nostalgia e toda a dor que o próprio amor provoca. Se eu vivesse sem chorar, perderia toda a sensibilidade pela vida. Deixaria de contemplar o pôr do sol, de apreciar uma criança brincando ou de me fascinar com os pingos de chuva batendo contra o vidro da janela.

Eu preciso chorar para me emocionar com uma flor, sentir a brisa do mar, deitar na relva e contemplar o céu azul, para admirar as estrelas e sorrir para vida. Preciso chorar para me sentir sozinha e para que minha alma entre em verdadeira comunhão com meu corpo.

Preciso chorar para que as palavras sejam substituídas por sentimento, para respirar e me sentir viva. Preciso chorar para amar e preciso amar para poder chorar. Só assim é possível que eu viva minha vida na sua verdadeira essência.

5 comentários:

Marina Melz disse...

eu preciso chorar, desengasgar nós. talvez por isso goste tanto da tua sensibilidade.

Redação iBZ disse...

Verdade, chorar é negocinho joia. Sincero, diferente de um sorriso, as vezes podendo ser amarelo.

miakoreto disse...

Chorar faz parte do fortalecimento e aprendizado de qualquer um de nós, mortais, que passamos pelo planeta Terra, com sentimentos. Não importa quão brabo o homem seja.

William Wagner disse...

Ainda bem que eu não choro.

Cris Migdaleski disse...

Eu preciso chorar como quem ri demais... chorar lagrimas quentes que ardem os olhos e a face , por minha triste alegre lembrança da vida que ainda precisa ser vivida, das coisas que eu ainda preciso fazer...